A verba concedida através do Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento aumentou, nos primeiros meses do ano e deverá atingir este ano o valor mais elevado de apoios desde a sua criação há 11 anos.

Com base nos valores já atribuídos durante os meses de janeiro e fevereiro de 2021, o Município de Lagoa prevê superar o valor anual mais alto, atribuído desde o inicio do Programa, que se fixa nos 100 mil euros anuais.

O montante disponibilizado por esta autarquia, nos últimos anos, foi de cerca de 170 mil euros e, face às dificuldades inerentes à pandemia convid-19, estima-se que irá aumentar durante o ano de 2021.

O Programa criado em 2009, depois dos primeiros seis anos de funcionamento, sofreu, em 2015, reformulação para oferecer maior consistência na resposta às famílias lagoenses.

Este programa prevê dois tipos de resposta a munícipes residentes em Lagoa que se encontrem em situação de carência comprovada. A primeira forma de resposta é a atribuição de um subsídio mensal ao arrendamento, durante um período de 12 meses; a segunda prevê o pagamento de rendas que se encontrem em atraso, até um máximo de 1.200 euros por cada candidatura.

«Através da sua ação social, o Município de Lagoa disponibiliza um leque de programas de apoio à população que se têm revelado fundamentais no apoio às famílias, e mesmo determinantes durante este período pandémico», referenciou o presidente Luís Encarnação.

A este Programa de Apoio ao Arrendamento, o Município de Lagoa junta outros importantes formatos de apoio social, como sejam o Programa de Incentivo à Natalidade, o Fundo de Emergência Social, as Bolsas de Estudo para estudantes de Ensino Superior, o Cartão LagoaSocial, as respostas dos Gabinetes de intervenção social e comunitária, entre outros.

 

 

Pin It

Candidatura Online aos apoios educativos

Plataforma Municipal Digital de Gestão Escolar

COVID-19: página oficial

Lagoa 2020 - Cidade Sustentável

Valores de 05/04/2021