A adesão do Município de Lagoa à Aliança ODS Portugal e à Global Compact Network Portugal foi decidida, por unanimidade, em reunião pública de Câmara.

A agenda 2030, lançada pela Organização das Nações Unidas definiu 17 objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS), que incluem 169 metas para áreas estratégicas como a saúde, educação, redução das desigualdades, energia e água, entre outras. Para potenciar programas e ações concretizadoras daqueles objetivos, surgiu a “Aliança ODS Portugal”, criada pela “Global Compact Network Portugal” (UN GCNP) que é atualmente constituída por uma rede de diferentes entidades, nomeadamente da Administração Local, empresas e associações.

A decisão, tomada na reunião pública de Câmara de 25 de agosto de 2020, reforça o pacto com a sustentabilidade, já assumido pelo município algarvio enquanto causa mobilizadora da sua ação durante o biénio 2020/2021.

A inscrição do Município de Lagoa nas plataformas da Aliança ODS Portugal posiciona o concelho como parte interessada e parceira, ao nível da partilha de boas práticas para o desenvolvimento sustentável. Esta estratégia municipal, articulada com os planos nacional e internacional, apoia-se em três pilares: o da sustentabilidade social, da sustentabilidade económica e da sustentabilidade ambiental.