Marina Carvalho

Marina Carvalho
Psicóloga Clínica e Saúde
CHUA/ISMAT

Licenciada em Psicologia Clínica e Mestre em Psicologia da Saúde pelo ISPA; Doutorada em Psicologia Clínica pela Universidade do Minho.

Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde e em Psicoterapias pela Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Assistente Principal de Saúde no Serviço de Psiquiatria – Unidade de Portimão - do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve.

Diretora do Departamento de Psicologia e Educação Física do Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes, em Portimão, onde dirige o 1º Ciclo em Psicologia e o 2º Ciclo em Psicologia da Saúde Ocupacional.

Investigadora integrada no Instituto de Saúde Ambiental (ISAMB), Grupo “Supportive Environments” da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Psicoterapeuta e Supervisora com certificação pela APTC. Foi Representante Nacional na European Association for Behavioral and Cognitive Therapies (EABCT).

 

 

Carla Andrade

Carla Andrade
Psicóloga Clínica e Saúde

Mestre em Psicologia Clínica e Saúde, com Sub-área de Especialização em Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e Saúde, pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. Grau de Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP). Doutoranda em Psicologia, pelo Departamento de Psicologia Social e das Organizações da Escola de Ciências Sociais e Humanas do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, e Investigadora no CIS, ISCTE-IUL.

Pós-Graduada em Psicoterapias Cognitivo-Comportamentais de Terceira Geração – Mindfulness e outras abordagens. Psicoterapeuta Cognitivo-Comportamental pela Associação Portuguesa de Terapia do Comportamento (APTC) e Grau de Especialidade em Psicoterapia pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP).

Exerce atividade profissional como Psicóloga Clínica e Saúde em Contexto Hospitalar, nomeadamente nas áreas da saúde mental, através da avaliação psicológica, intervenções psicoterapêuticas empiricamente validadas, intervenção em crise e emergências, e integração de Equipas de Saúde Mental Comunitária.

Desde, 2010 tem trabalhado como docente no ISMAT, lecionando unidades curriculares nas áreas de avaliação psicológica, psicopatologia, psicoterapias, intervenção em catástrofes, emergências e crises, e como orientadora de Estágios Curriculares.
Atualmente, está a realizar a Certificação como Professora de Mindfulness-based Stress Redution (MBSR) pelo Mindfulness-based Professional Training Institute (MBPTI) da Universidade da Califórnia, San Diego, vindo a orientar Programas de Redução de Stress em grupo, destinados à promoção da saúde e redução do stress.

Formação avançada em Intervenção em Crise Individual e em Grupo com Certificação da International Critical Incident Stress Foundation (ICISF), na Terapia Focada na Compaixão e na Terapia de Aceitação e Compromisso. Certificação de Formadora nas áreas e domínios da Psicologia/Psicossociologia e Educação para a Saúde, pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua.

Tem como áreas de interesse científico, e nas quais tem vindo a desenvolver projetos de investigação, as Terapias de Terceira Geração e sua aplicação às intervenções psicoterapêuticas (nomeadamente, nas áreas da patologia do comportamento alimentar e regulação de emoções) e a promoção da saúde mental junto de grupos vulneráveis (e.g., violência psicológica). Participação em Eventos e Congressos Científicos Nacionais e Internacionais como Oradora e integrando a Comissões de Organização.

 

 

Vanessa Cunha

Vanessa Cunha
Socióloga
ICSUL

Vanessa Cunha é socióloga, investigadora auxiliar do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e coordenadora do Observatório das Famílias e das Políticas de Família (OFAP). É ainda uma das coordenadoras da secção temática ‘Famílias e Curso de Vida’ da Associação Portuguesa de Sociologia e membro da Assembleia Geral da Associação para o Planeamento da Família.

Tem desenvolvido duas linhas de pesquisa: uma sobre baixa fecundidade, adiamento dos nascimentos e decisões reprodutivas; e outra sobre o papel dos homens e das políticas públicas na igualdade de género. Participou em vários projetos de investigação, coordenou o projeto "O duplo adiamento: as intenções reprodutivas de homens e mulheres depois dos 35 anos" (2012-2015) e atualmente coordena o projeto “PARENT – Procriação e Parentalidade em contexto de baixa fecundidade, mudança familiar e crise económica” (2018-2021).

Recentemente foi coorganizadora ou coautora das seguintes publicações: A(s) problemática(s) da Natalidade em Portugal: Uma Questão Social, Económica e Politica (2016); LIVRO BRANCO Homens e Igualdade de Género em Portugal (Imprensa de Ciências Sociais e Associação para o Planeamento da Família, 2016); “O impacto da crise nos nascimentos em Portugal: uma perspetiva territorial” (Instituto de Ciências Sociais, 2017); “Conciliação da atividade profissional com a vida familiar: igualdade entre mulheres e homens e natalidade” (Conselho Económico e Social, 2018).

 

 

Anabela Simão

Anabela Simões
Vereadora
Municipio de Lagoa

Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa desde julho de 1994, tendo exercido advocacia durante cerca de 19 anos, com escritório no concelho.

Exerceu o cargo de Presidente da Junta de Freguesia de Ferragudo no mandato 1998-2001 e por inerência o de membro da Assembleia Municipal de Lagoa.

Exerceu o cargo de Vereadora da Câmara Municipal de Lagoa no mandato 2002-2005.

Foi Presidente da Direcção do Centro de Apoio a Idosos de Ferragudo com dois mandatos de 2008-2013.

 

 

Marina Carvalho

Marina Carvalho

Psicóloga Clínica e Saúde
CHUA/ISMAT

Vinculação e Depressão Pós-Parto: A importância da Saúde Mental na Qualidade da Interação Mãe-Bebé

A partir dos aspetos fundamentais dos modelos da vinculação, serão abordadas as relações entre as relações de vinculação e o desenvolvimento ao longo da infância. A relevância dos problemas de saúde mental, nomeadamente a psicopatologia parental e, mais especificamente, a depressão pós-parto, será tida em particular consideração no que respeita à (des) continuidade das trajetórias (des) adaptativas ao longo do desenvolvimento. Por fim, o papel da qualidade das relações da vinculação como fator de vulnerabilidade ou associado a resiliência será alvo de uma reflexão à luz das estratégias e/ou intervenções que podem ser desenvolvidas e implementadas com vista à promoção da saúde mental e à melhoria da qualidade das relações de vinculação.

 

 

Igualdade e Cidadania

Imprimir


Igualdade de Género e Cidadania
37°08'14.2"N 8°27'13.5"W
Convento São José
Rua Joaquim Eugénio Júdice
8400-325 Lagoa
Portugal 
Número de telefone +351 282 380 429
 +351 282 380 467
Caixa de correio eletronico 

 
 
Ao continuar a navegar está a concordar com a utilização de cookies neste site. Para não autorizar a sua utilização, por favor utilize as opções do seu browser e altere as definições de cookies de acordo com estas instruções.