A Câmara Municipal de Lagoa assinou, no passado dia 3 de julho, em Faro, um protocolo de colaboração.

Entre a  Direção-Geral da Autoridade Marítima e o “Lagoa Académico Clube” com o objetivo de garantir a visita ao Farol de Alfanzina, em Carvoeiro, durante os meses de julho e agosto, mediante um serviço de voluntariado que cative jovens para o trabalho.

 As visitas estão a ser efetuadas até ao dia 31 de agosto, de terça-feira a domingo, entre as 14h30 e as 18h30, com o apoio de jovens voluntários entre os 16 e os 30 anos que se candidataram ao programa de ocupação dos tempos livres do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), “Geração Z”, através do Portal da Juventude.

O Farol de Alfanzina é um dos 30 faróis do Continente, seis dos quais no Algarve, é uma infraestrutura de apoio à navegação, garantindo a segurança ao tráfego marítimo

Este protocolo surge com o sentido de fomentar e promover o voluntariado, e, concretamente, o voluntariado cultural, não só no Farol de Alfanzina, mas também noutras atividades que sejam consentâneas com os princípios em causa. A autarquia de Lagoa pretende, assim, desenvolver um conjunto de iniciativas que diversifiquem, qualifiquem e inovem as políticas culturais; valorizem o património histórico e museológico, os valores da cultura imaterial presente no seu território; e garantam o contacto e a interatividade das comunidades locais.

Ao “Lagoa Académico Clube” parceiro no protocolo cabe articular com os jovens voluntários as visitas ao Farol de Alfanzina no âmbito do voluntariado como uma atividade inerente ao

exercício de cidadania, traduzível em ações de solidariedade, altruísmo, boas práticas sociais para com o próximo e o mundo envolvente, exercida de forma livre e organizada.

 

 

Pin It

Ao continuar a navegar está a concordar com a utilização de cookies neste site. Para não autorizar a sua utilização, por favor utilize as opções do seu browser e altere as definições de cookies de acordo com estas instruções.
ACEITAR NÃO